Retratos e Leituras

esgotado
Retratos e Leituras

Canais sociais:

Retratos e Leituras

R$59,00

Retratos e Leituras é o quarto livro escrito por Otto Maria Carpeaux no Brasil. A primeira edição foi publicada em 1953. Neste livro, mais uma vez, encontramos o grande crítico literário numa grande performance e na sua maior capacidade analítica, discutindo autores tais como Rilke, Baudelaire, Francisco Ayala, James Joyce, Friedriech Wilhelm Foerster, Jonathan Swift, Alessandro Mansoni, Lionel Trilling, E.M. Forster, entre outros.

Fora de estoque

SKU: 9786588248027 Categorias: , Tags: ,

Retratos & Leituras

Nos vinte ensaios que compõem este livro, Otto Maria Carpeaux apresenta assuntos e livros variados e o faz sempre com a sua prosa deliciosa e elegante, a qual, sem dúvida, o qualifica entre os grande escritores da língua portuguesa no Brasil.
Retratos e Leituras é mais um tesouro de alta cultura e erudição legado por Otto Maria Carpeaux aos leitores brasileiros.

Otto Maria Carpeaux

Otto Maria Carpeaux

Nasceu em Viena, em 1900. Estudou Filosofia, Matemática, Sociologia, Literatura Comparada e Ciências Políticas. Doutorou-se em Química. Foi um intelectual de relevo no meio cultural vienense na década de 30. Após a anexação da Áustria foi perseguido pelos nazistas. Imigrou para o Brasil em 1939.

Carpeaux foi colaborador de diversos jornais e revistas do Rio de Janeiro. Entre seus livros destaca-se a obra-prima História da Literatura Ocidental. Faleceu em 1978, na capital fluminense.

Confira mais sobre a biografia e obras deste autor »

Informações técnicas

  • Formato: Brochura
  • Tamanho: 16x23cm
  • Edição:
  • Páginas: 172
  • ISBN:  9786588248027
  • Ano:  2020
  • Idioma: Português

Resenhas

O crítico Antonio Candido (1918) fala de Carpeaux como uma espécie de "herói civilizador", similar a outro grande intelectual estrangeiro radicado no Brasil, Anatol Rosenfeld (1912-1973), também de formação germanista, na medida em que ambos se instalam no país e contribuem de forma decisiva para a atualização do meio literário e a formação de novas gerações da crítica universitária. Há, por exemplo, marcas da influência de Carpeaux na formação de Alfredo Bosi (1936), que em breve ensaio chega a reconhecer sua dívida com o mestre austríaco.

( - Leia o texto completo na Enciclopédia Itaú Cultural.)

X