Da Direita Moderna à Direita Tradicional: entrevista de Cesar Ranquetat Jr.

10, out, 2019 | Política, Artigos | 0 Comentários

No último dia 01/10, o professor e escritor Cesar Ranquetat Jr,, autor do livro “Da Direita Moderna à Direita Tradicional”, participou de um bate-papo ao vivo no canal Articulação Conservadora. O episódio também contou com a participação de Simone Segato e Antônio Carlos.

Cesar Ranquetat Jr. conversou sobre o lançamento da segunda edição de sua obra, pela Editora Danúbio. O livro é uma análise conceitual e um estudo do universo das ideias da direita.

Durante a entrevista, o autor esclareceu vários pontos da sua obra, explicou as diferenças entre o conservadorismo ibérico e o conservadorismo anglo-saxão, reforçando a necessidade de retornarmos às nossas raízes europeias se quisermos encontrar um conservadorismo genuinamente brasileiro. O professor também demonstrou a incompatibilidade entre o liberalismo radical e a direita tradicional.  Perguntado especificamente sobre este ponto, Ranquetat afirmou: “o indivíduo e o mercado não podem tudo. Acima do indivíduo e do mercado existe Deus. O fundamento da sociedade é Deus”.

Acompanhe a entrevista completa no vídeo abaixo:

Saiba mais sobre o livro: Da Direita Moderna à Direita Tradicional. 

Conheça o autor: Cesar Ranquetat Jr.

Artigos recentes

“A literatura só não é terra devastada por causa dos meus amigos”, diz Tiago Amorim

Entrevistamos o escritor Tiago Amorim, que nos fala sobre seu mais novo livro de contos, “Verdades e Mentiras”. Tiago Amorim é mestre em Antropologia pelo ISCTE (Lisboa). Ele é autor de quatro livros, o primeiro deles uma coletânea de ensaios chamada “Abertura da Alma”, também publicada pela Editora Danúbio, em 2015. Casado, pai de dois filhos, Tiago vive em Curitiba, de onde nos concedeu a entrevista.

A Cartomante (conto)

Pedro Mendes passava agora os dias recluso em seu apartamento nos Jardins, desde que obtivera, por graça do ministro Ronaldo Azevedo, um habeas corpus. Não ia mais a restaurantes, nem ao clube; não podia manter contato com o sócio, nem ir à empreiteira; com o passaporte retido, não podia deixar o país. Tinha as contas bancárias bloqueadas e usava uma tornozeleira eletrônica. O empreiteiro engordara a ponto de nenhuma camisa abarcar mais a rubra papada.

Filhos do Tempo (conto)

Contrastava com essa nobreza, na aparência e nos trajes, os convidados da homenageada, que, oprimidos pela chiqueza do lugar e pela pompa da audiência, aprumaram-se nas cadeiras medalhão, na fileira de honra, e simularam com os olhos e a pose uma atenção reverencial.

Categorias

Da Direita Moderna à Direita Tradicional

Detalhes do autor

Cesar Ranquetat Jr

Graduado em Direito, Mestre em Ciências Sociais pela PUC-RS e Doutor em Antropologia Social pela UFRGS. No 1º semestre de 2018 realizou estágio de pós-doutorado na Universidade Pontifícia Comillas de Madri-Espanha, com a orientação do professor e jurista Miguel Ayuso.