Uma Fonte da Filosofia de Machado de Assis

Uma Fonte da Filosofia de Machado de Assis

Machado foi leitor assíduo de Schopenhauer, e este, por sua vez, foi grande admirador de Leopardi. Voltarei a esse ponto. Em todo caso, o autor do delírio de Brás Cubas reconhecido teria em Leopardi mais que um poeta melancólico e sim um pensador poético ao qual o ligavam profundas afinidades. O delírio de Brás Cubas é da mesma lucidez das Operette morali que são o documento principal da filosofia leopardiana.

read more
O Bobo Lear

O Bobo Lear

Entre o céu e a terra existem muitas coisas, de fato, mas não uma interpretação inédita, original, das peças de Shakespeare. Certamente tudo já foi dito, ainda que algo muito importante se encontre temporariamente esquecido na imensidão inabarcável dos seus admiradores.

read more
A Esperança de Clarice

A Esperança de Clarice

Quem diria: A hora da estrela é um brevíssimo tratado de metafísica da esperança em forma de novela – e o renascimento do narrador (uma verdadeira catarse pela autocompreensão obtida com Macabéa) é a lição final de Clarice Lispector sobre a função da literatura.

read more