O Livro Negro da Nova Esquerda

em estoque
O Livro Negro da Nova Esquerda

O Livro Negro da Nova Esquerda

R$83,00

Neste livro você vai aprender:
  • Como a esquerda se reinventou após a queda do muro de Berlim e o fim da União Soviética;
  • O que é o Socialismo do Século XXI, alardeado por Hugo Chávez;
  • Porque a ideologia de gênero vai destruir a sua família;
  • Como Antonio Gramsci, a Escola de Frankfurt e Ernesto Laclau moldaram a estratégia atual do Movimento Comunista;
  • Como o feminismo radical iniciou uma guerra entre homens e mulheres;
  • Como o Foro de São Paulo espalhou regimes esquerdistas pela América Latina;
  • E muito mais!

Em estoque

REF: 9788567801186 Categorias: , , Tags: ,

O Livro Negro da Nova Esquerda

O Livro Negro da Nova Esquerda

Abortismo, indigenismo, ideologia de gênero, legalização das drogas, ecologismo, feminismo radical… Entenda o que está por trás dessas agendas! Best-seller em toda a América Latina, escrito pelos argentinos Nicolás Márquez e Agustín Laje, questiona os “dogmas” do progressismo revolucionário. Um estudo vastamente documentado, com 112 obras citadas, em 609 notas de rodapé. Um livro fundamental para você ficar bem informado sobre política.

Nicolás Márquez

Nicolás Márquez

Nicolás Marquez (Ramos Mejía, 1975) é um advogado, escritor e professor argentino, autor de 10 livros, e colunista de diversos meios de comunicação latino-americanos.

Confira mais sobre a biografia e obras deste autor »

 

 

 

 

Agustin Laje

Agustin Laje

Agustin Laje (Córdoba, 1989) é um pensador argentino, autor de 5 livros; escreve para diversos meios de comunicação como La Prensa, Infobae, La Voz del Interior, Perfil, a revista Forbes, entre outros. É diretor do think tank Centro de Estudios LIBRE.

Confira mais sobre a biografia e obras deste autor »

O Livro Negro da Nova EsquerdaInformações técnicas

  • Formato: Brochura
  • Tamanho: 16x23cm
  • Edição:
  • Páginas: 274
  • ISBN:  9788567801186
  • Ano:  2018
  • Idioma: Português
  • Tradutor: Jefferson Bombachim

Resenhas e vídeos

Agustín Laje Arrigoni (Argentina, 1989) não fala por falar. É o terror da esquerda moderna, dita mais ''progressista''. Seu discurso coloca em questão os postulados das militantes neo-feministas, do movimento pró-abortista e defensores das teorias de gênero e sexualidade ''queer''.

( - Leia a resenha do livro e a entrevista com o autor no Diário Republicano.)